quarta-feira, 29 de dezembro de 2021

 

UM ANO PARA O AMOR!

Já o ano se vai. Já bilhões de pessoas jubilosas saúdam o novo ano e nele põem suas esperanças de que tudo vai estar melhor.

Tudo tem estado melhor, noto, em que pesem as pandemias, o aumento absurdo de eventos climáticos extremos, a violência urbana, a nossa incompetência em estabelecer relações igualitárias com os demais seres humanos... Muitas coisas têm pesado nos últimos tempos.

Como sempre estou cheio de esperança. Tenho essa tendência, para mim inevitável, de ter esperança. Aliás, apesar de estar informado das coisas que estão acontecendo, mantenho uma fé inabalável na humanidade. Não sou cego. Sei que estamos correndo riscos graves por nossas atitudes desrespeitosas (para dizer o mínimo) para com as outras pessoas, a natureza interna e externa. Sim, amigos, estamos bordejando o desastre.

Desta vez não é um império que arrisca cair. Não é um povo que pode desaparecer. Não é uma empresa que encontrou a falência ou a bolsa quebrou. Agora a ameaça é global, tal como a globalização. E ainda seguimos meio cegos, habitando uma névoa de fantasia quanto ao nosso poder de seguir adiante sem reavaliar caminhos.

Mas mesmo assim, mesmo sabendo dessas coisas, digo pra vocês de coração que sigo acreditando que conseguiremos.

Acredito que vamos passar por bastante sofrimento, até aprender, mais ainda, até compreender e ainda mais até viver a mudança necessária.

Acredito que seria mais fácil se apenas soubéssemos amar com o coração limpo.

Acredito, aliás sei, que muitos estão tentando abrir-se para o amor como farol para a caminhada. Eu estou tentando, quiçá por isso acredito.

Ocorre-me de repente que mais do que acredito, eu sei que algo está se fraguando no ventre da Terra, no íntimo da humanidade e que seja pelo amor ou pela dor, vai acontecer!

Nesse novo ano será? Quem sabe? Não creio que seja, mas sempre está aberta a possibilidade de ser. Mas sempre podemos, cada um de nós, dedicar o próximo ano a desenvolver cada vez mais em nós a nossa capacidade (habilidade, fluidez) para amar. Um ano para o Amor!

Recebam o meu amor!



Nenhum comentário:

Postar um comentário